• Listar posts
  • Feeds - RSS
Post

Estaria o Windows Live Messenger a um passo do abismo?

Postado por Rodrigo Macedo em 08/07/2010 07:30
Blog: Não coube no Twitter

Karmômetro (?)

bom e polêmico
adicionar comentário Comment

Programa ganha nova versão, novas funções, mas ainda não melhorou funcionalidades básicas, que funcionavam bem há mais de uma década no antigo ICQ.

Por Rodrigo Martin de Macedo

Não me levem a mal. Sou usuário assíduo do Windows Live Messenger, mas é espantoso ver que, ainda hoje, em 2010, o programa não tenha recursos indispensáveis presentes no ICQ há mais de uma década.

A tecnologia evoluiu, os sistemas ficaram mais poderosos, contudo, ainda assim, a solução de comunicação da Microsoft mostra que ainda poderia ser facilmente substituída por uma concorrente que entre com força no mercado.

Ninguém tira o mérito da Microsoft, é claro. A solução de comunicação mais utilizada no mundo hoje se aproveitou da perda do foco do ICQ para conquistar milhões de usuários ao redor do mundo. É claro que isso não impede aos usuários que optaram por migrar de ferramenta mostrar insatisfação ou questionar recursos de sua atual escolha.

É inadmissível que até hoje a Microsoft não tenha conseguido se equiparar a tecnologias que deveriam ser básicas nos comunicadores e que já existiam no fim da década de 90 na “quase-defunta” rede ICQ. A transferência de arquivos não possui opção de continuar o envio/recebimento mais tarde e a funcionalidade de “invisibilidade” só se tornou realidade há alguns poucos meses e, talvez por isso, ainda é risível.

A cada lançamento de nova versão, basicamente são estes dois os alvos de meus principais testes. E foi assim com o novo beta lançado pela Microsoft há poucos dias. Devo dizer que, mesmo com tudo que foi anunciado e que realmente está presente no software, me decepcionei.

A primeira coisa a perturbar é o fato de que o Windows Live Messenger não “lembra” quem você é, a menos que você escolha lembrar seu nome de usuário E sua senha, o que para muitos usuários que compartilham a máquina é inviável

A sua interface inicial também incomoda. Ela agrega à lista de contatos o conteúdo de redes sociais. A Live Spaces é a única ativa e instalada por padrão, mas é possível, clicando em um link no rodapé da janela, adicionar outros serviços como Facebook, MySpace e algumas outras redes. Quando procurei por Twitter, não encontrei. Por conta deste recurso, o novo visual padrão do Windows Live Messenger ocupa quase a tela cheia e todos que usamos o messenger durante o trabalho (e somos muitos) sabemos que isso é pouco prático. Felizmente, é possível obter o “look” antigo, este aspecto do programa nem é um problema real.

Aí chegamos ao estado “invisível”. Comparado há algumas versões do Windows Live Messenger, quando ainda se chamava MSN, a evolução é evidente. O recurso que já se chamou “Aparecer Offline”, antigamente sequer permitia trocar mensagens enquanto você estava “escondido”. Na versão prévia à nova versão beta o recurso foi muito melhorado. Nesta, uma tentativa de acerto provocou mais um erro.

O que acontece é que o recurso parece querer “clonar” o do bom e velho ICQ. Só que o que deveria ser um imenso benefício é uma faca de dois gumes. Ao aparecer invisível, você só pode mandar uma mensagem para alguém se aceitar ficar online para esta pessoa. Até aí, tudo dentro da normalidade, afinal, se você quer contatar alguém escondido, sua invisibilidade cairá por terra.

O problema está na “lista de visibilidade”, que ainda não é estável o suficiente. Em alguns testes conduzidos percebi que, ao “aparecer online” corria o risco de ser visto por outras pessoas. Outra falha é a confusão na interface: o usuário mais atento perceberá que existe a função “Aparecer online para um contato”, “Aparecer online para todos os contatos” e uma terceira função “Sempre visível”. A confusão é tamanha que na primeira a visibilidade durará apenas a sessão atual. Desconecte e conecte de novo e toda sua lista continuará invisível. Em computadores com resoluções menores a função “Sempre visível” sequer aparece na janela principal, ficando escondida sob uma setinha com mais funções.

A instabilidade deste recurso ainda se confirma em outros pontos. Em alguns de meus testes, mesmo mudando meu estado para Online, depois de ter me conectado insivível, eu ainda estava invisível para meus contatos. Este tipo de pequena falha deve ser corrigida até a versão final.

Confirmando a minha suspeita, a transferência de arquivos não possibilita ainda o resumo de transferência caso seja necessário sair da internet ou, em casos piores, a conexão caia.

A câmera ainda apresenta efeitos indesejados no novo Messenger. Pode ser falha do beta, pode ser incompatibilidade do messenger novo com versões mais antigas do programa, mas nem em todos os nossos testes a câmera funcionou. Outra coisa notada foi que, enquanto estava conectado com meu perfil como “ocupado”, o programa ficou ao meu lado e recusou, por conta própria e sem qualquer informação a quem pedia, o envio de webcam. Pode ter sido mera coincidência, mas faz sentido, se estou ocupado, não poder participar de conferências em vídeo. Todavia, o contato que tenta requisitar a conferência em webcam recebe apenas a informação de que, quem está ocupado, recusou. Uma solução seria informar: “fulano não pode aceitar chamadas em vídeo porque está ocupado”.

Outra falha vem deste recurso: muitos usuários acostumaram a ficar como “ocupados” enquanto trabalham. Isto não quer dizer que estejam fora do alcance de todos os usuários, apenas que não estão no comunicador para papo furado. A Microsoft devia estar alerta deste tipo de prática e bolar uma solução mais eficiente, neste caso.

Para não dizer que a atualização desagradou por completo, tiro o chapéu para a transmissão de webcam quando ela funciona. Preparado para as novíssimas câmeras HD, o programa agora não limita mais o tamanho do vídeo àquele pequeno espaço da janela (o que fazia muita gente preferir o Skype ao Live Messenger, no fim das contas). Agora, a janela de vídeo aparece em anexo à direita da janela de papo.

Outro recurso extremamente bem vindo é que, agora em vez de serem abertas janelas independentes para cada uma de suas conversas, os papos com seus contatos aparecem em apenas uma janelinha organizada em abas, como acontece quando você carrega diversos endereços nos navegadores modernos.

É claro, é uma versão que ainda está em testes e deve ser modificada, mas duvido que muitos dos problemas aqui mencionados serão corrigidos antes que a versão final chegue ao grande público.

E o que a gente pode concluir a partir de tudo isso? É difícil que os usuários migrem de tecnologia de uma hora para outra, mas não impossível. Na época do ICQ, ninguém imaginava que a Microsoft seria capaz de desbancá-lo, apenas aconteceu. E, quando a massa opta por um dos messengers, a migração passa a ser praticamente obrigatória, afinal, você quer se comunicar com, senão todos, grande parte dos seus amigos.

Hoje ainda temos um agravante: a maioria dos usuários tem usado programas criados por terceiros para acesso a redes sociais e comunicadores. Com isso, não importa quantos recursos extra de interação o programa disponibilize, mas sim como os recursos básicos se comportam.

Nestes dias em que estamos vivendo, menos é mais. Se a Microsoft quiser se manter na vanguarda, talvez seja hora de se manter focada em melhorar recursos básicos e indispensáveis, e não transformar o programa que deveria ter meia dúzia de aplicações de comunicação em um canivete suíço que aborde todos os aspectos sociais da web.

A Microsoft tem um concorrente de peso, que pouco a pouco mostra suas garras no campo da mensagem instantânea: o nome dele é Google Talk. Por enquanto, sua base de usuários não é tão grande quanto a do rival, mas em algum tempo poderemos ver mais uma luta entre David e Golias dos comunicadores. E, na história, a gente sabe: David pode parecer menor, mas acaba vencendo o gigante.


Tags:

Se você gostou,
seja um GEEK!

participe

Comentários Comment

  1. comentário de Birak

    Karmômetro (?)

    excelente

    O que eu mais queria era ver o povo voltar pro ICQ… ele é sem duvida muito melhor que o Windows Live Messenger… tenho saudades de poder buscar pessoas da minha cidade, com a mesma faixa etária e que curta as mesmas coisas que eu =/… proponho uma campanha… ICQ Returns

    Postado por Birak em 08/07/2010 08:12

  2. comentário de Dúlio Borille

    Karmômetro (?)

    excelente

    Ótimo post; leitura recomendada =D

    Postado por Dúlio Borille em 08/07/2010 10:34

  3. comentário de Aylons

    Karmômetro (?)

    lixo total

    Não defendo voltar para o ICQ porque o ICQ também perdeu o rumo. Mas a verdade é que falta um IM sério no mercado, sim.

    O gTalk talvez não se leve a sério o bastante. Ou talvez o Google esteja certo: ele está mantendo o mínimo de recursos, evitando o bloatware, e focando em fazer uma plataforma mais completa de comunicação: o gTalk até hoje tem os recursos lançados primeiros no gMail e depois no cliente desktop.

    Postado por Aylons em 08/07/2010 15:37

  4. comentário de CAESAR

    Karmômetro (?)

    excelente

    Eu comecei no velho e bom ICQ. De repente, não sei por qual motivo, todos os contatos iam mudando pro MSN. E me chamando pro “lado negro da força”. Nunca entendi o motivo. Mas acabei sucumbindo.
    Só que nunca gostei do MSN. E acho que nunca vou gostar. Só uso em extrema necessidade. Na verdade uso mais o Skype. Mas gostaria de ver o ICQ renascer das cinzas.

    (gostei do artigo)

    Postado por CAESAR em 08/07/2010 21:45

  5. comentário de Birak

    Karmômetro (?)

    tende a bom

    Mas então… oq sinto falta era os recursos do icq mesmo… do tipo.. perfil e busca… no icq vc preenchia o perfil no proprio programa.. como no skype hoje.. e a busca claro.. mtas opções de filtro… oq conheci de gente da minha cidade e com os mesmos gostos que eu naquela época..
    claro q icq tem la seus defeitos, excesso de efeitos sonoros, conversar pela cam deixa a desejar.. mas traz essas vantagens q o Live Messenger não tem.. pelo menos não ainda.. e pelo 2010 Beta… ja piorou… vc ter que mudar nome pelo site e tals.. bom.. é beta… vamos ver no que da ^^

    Postado por Birak em 08/07/2010 21:59

  6. comentário de Anderson

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    Eu comecei a usar o ICQ bem na época que ele estava no auge/decadência, lembro-me que o msn se tornou uma febre então fui obrigado a migrar para o mesmo, gostava muito da procura por perfil, filtro eu penso que era uma da primeira redes sociais da net fiz muitoa amizade pelo ICQ tenho saudades mas hoje o Live tá muito cheio de frescuras ás vezes a unica coisa que queremos é conectarmos e apenas conversar com um contato.

    Essa coisa de agregar um monte de coisas faz o o programa peder o foco que é as conversas, vai chegar um momento que voce nao vai saber se tá no twitter, facebook, orkut, ou outra rede-social—sei-lá-que

    Pra muita coisa eu uso o Skpe Video e o Talk pra conversa (MESMO), Live mesmo é pra descontrair pois TODOS USAM, se aparecer algo melhor que atenda os que todos os usarios esperam de um Comunicador Instantaneo não terei problema em migra e acho que nem saudades vou ter em relação assim como tenho com o ICQ

    Postado por Anderson em 09/07/2010 05:52

  7. comentário de jorge cristiano ferreira

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    uma coisa q me aborrce em instalar o msn é o caminhão de coisas pra baixar.. o processo lento de instalação .. é fogo

    por isso gosto do skype .. tem pro windows tem pro linux é facil e rapido

    Postado por jorge cristiano ferreira em 10/07/2010 10:12

  8. comentário de RodrigoTM

    Karmômetro (?)

    tende a bom

    Uma coisa que percebi no meu beta…quando eu escolhi ficar “on line para todos os contatos”, todos os contatos que eu ja havia excluído e bloqueado no meu msn, voltaram a poder me ver online.

    Isso aconteceu com mais alguém?

    Postado por RodrigoTM em 10/07/2010 13:13

  9. comentário de João Ferreira

    Karmômetro (?)

    tende a ruim

    Ótimos post, parabéns ao autor, eu pessoalmente não sou nem um pouco fan dos WLM… masssss
    a massa é, então… fazer o que… rs
    abraços.

    Postado por João Ferreira em 11/07/2010 09:43

  10. comentário de M

    Karmômetro (?)

    tende a bom

    Me chamem do que quiserem, mas a tempos atras eu detestava o msn, o yahoo mensseger era mais inovador, agora o Windows Live Messenger dita a velocidade do jogo…sem pressa…

    Postado por M em 11/07/2010 19:49

  11. comentário de Aylons

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    M, eu me lembro que quando o Y! saiu, eu também achei que ele poderia ter uma boa dianteira perto do MSN – embora eu não esperasse a derrocada dco ICQ. Eu não botava muita fé na rede MSN como um todo, e achava que o Yahoo! tinha na época uma vantagem estratégica. E uns recursos mais bacanas, também.

    No final, não estávamos tão errados, pelo menos vendo o mercado dos EUA: o Y! Messenger teve liderança em relação ao MSN Messenger por muito tempo, ficando atrás de AIM+ICQ. Depois o Y! e o Live Messenger fizeram uma parceria, e aí tudo ficou mais enrolado.

    Postado por Aylons em 11/07/2010 20:24

  12. comentário de Fernando

    Karmômetro (?)

    tende a bom

    Tbm comecei no velho e bom ICQ, mas lembro que em um dado momento o MSN entrou permitindo o usuário utilizar uma foto e posteriormente WebCam. O ICQ não estava preparado para tais novidades e marchou atrás do MSN nesses quesitos, quando conseguiu muita gente já tinha se rendido ao MSN

    Postado por Fernando em 13/07/2010 09:46

  13. comentário de Paula

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    Ótimo artigo e concordo com o Birak, usava muito o ICQ e adorava o sistema de busca pelo perfil.
    Hoje mesmo só uso o Gtalk, simples e eficiente.

    Postado por Paula em 13/07/2010 12:37

  14. comentário de Vinicius

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    Então por que não resgatar o bom e velho ICQ? Que tal usarmos a midia digital pra promovermos encontros, mostrar aos novos internautas o ICQ? hoje em dia venho me debatento com uma situação pertubadora…é muito facil achar alguem na rua q tenha um “msn” porem não tenha mais nenhum conhecimento sobre informatica basica, “gatinha, me da seu nº de cel?”, “desculpa, não tenho, mais tome o meu msn” :|…?….

    Viniciusdiazevedo@gmail.com

    Postado por Vinicius em 17/07/2010 07:09

  15. comentário de Abner Queiroz

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    O grande problema é isso, as maioria das pessoas usam o MNS assim fica difícil voce usar o G-talk que na minha opinião é melhor do que o msn, apesar de ser leve torna-se pratico e rápido.

    Postado por Abner Queiroz em 05/08/2010 13:47

  16. comentário de ricewithbean

    Karmômetro (?)

    ruim e polêmico

    WTF?
    O MSN não se aproveitou da perda de foco do ICQ, ELE FEZ o ICQ perder o foco!
    Google Talk?
    Esse site é uma piada.

    Postado por ricewithbean em 08/08/2010 18:14

  17. comentário de Éden

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    Na minha opinião para que serve um messenger para teclar e se comunicar, e isso o msn faz muito bem. Utilizo ele no trabalho e para coisas pessoas, e executa a tarefa muito bem, concordo que o que mais falta nele é a busca por região, idade, etc. Mas também penso no nível de segurança, de não conhecer a pessoa do outro lado. As vezes nos esquecemos de pequenos detalhes existem pessoas inocentes e com maudade. Se pensarmos sobre isso o msn e outros messengers existem cuidam um pouco da privacidade de cada um.
    Para aqueles que não sabem o ICQ não morreu ainda pode ser baixado, inclusive um tempinho sai uma nova versão dele, então se querer que ICQ saia das cinzas utilizem, por que quem faz algo ser popular ou não somos nós!

    Abraços

    Postado por Éden em 10/08/2010 14:10

  18. comentário de cable

    Karmômetro (?)

    tende a ruim

    Sim, vamos retroceder e propor como solução o ICQ cujo identificador era um número de n dígitos em vez do nome do seu usuário. Querem IM de qualidade usem o Skype.

    Postado por cable em 19/08/2010 15:50

  19. comentário de Adilson

    Karmômetro (?)

    tende a bom

    Ai, concordo… ICQ RETURNS
    Quererem ver outra coisa irritante…. é aquela janelinha do MSN chamada “Hoje”, ela demora uma cara p carregar qdo a net ta lente e nesse ponto, vc nao pode fazer nada a nao ser esperar… o saco viu…
    ICQ RETURNS NOW

    Postado por Adilson em 27/10/2010 11:31

  20. comentário de Birak

    Karmômetro (?)

    tende a ruim

    Como assim o identificar do ICQ tinha N digitos? eram 9… mais facil de lembrar que seu CPF… divida-o em 3 grupos de 3 numeros que você lembra fácil ^… bom.. no momento o Skype é o melhor sem duvida.. ainda mais com a nova versão que agora tem um excelente suporte pra conferencia com WebCam… minha internet é de 1Mb e eu consigo ser o host da conferencia assim sem perder nada de qualidade de imagem e som.. pena que a nova versão perdeu a busca por contatos.. a exemplo do ICQ que continua com a busca… acreditem.. há pessoas no Brasil que ainda usam.. isso que é legal no ICQ.. além de buscar.. com apenas um clique você podia ver o perfil da pessoa sem entrar em paginas na internet… mas o MSN esta queimando o próprio filme.. estou vendo que muitos amigos assim como eu.. retrocedemos para a versão 2009 pq a nova é péssima… se a 2011 não vingar.. a galera vai começar a procurar outros.. Skype é mais conhecido que ICQ.. vai ser a hora que o Skype bomba. Ainda mais quando a galerinha Teen ver a conferencia em video ^

    Postado por Birak em 27/10/2010 11:59

  21. comentário de mouses

    Karmômetro (?)

    polêmico

    Muito bons os textos do blog. Bom para qualquer geek!! Parabéns!!!

    Postado por mouses em 31/10/2010 16:50

  22. comentário de ola

    Karmômetro (?)

    tende a ruim

    vcs são modinhas … voltar ao ICQ seria um retrocesso

    Postado por ola em 16/02/2011 14:14

  23. comentário de ricardo

    Karmômetro (?)

    ruim e polêmico

    Tenha em sua casa mais canais que SKY, NET e TVA juntas
    www.tvnopconline.com.br

    Postado por ricardo em 21/02/2011 05:51

  24. comentário de Carcarah

    Karmômetro (?)

    tende a neutro

    O ICQ perdeu o lugar porque, em primeiro lugar, tornou-se um prato feito para spammers. Qualquer pessoa podia entrar em contato com você e mesmo quando você não permitia que fosse adicionado a lista de alguém, os spams continuavam a chegar via pedidos para ser adicionado. A falta de privacidade foi o motivo pelo qual eu acabei com minha velha conta. Além do fato do MSN já vir instalado, o que facilitava um bocado a vida principalmente de alguns cabeça de ameba, este também permitia uma séria de “frescurinhas”, que não eram atrativo para adultos, mas fizeram a festa dos adolescentes. Adolescentes crescem, e não havia motivo para saírem do MSN apenas porque cresceram, afinal, todos os seus amigos estavam nele. Agora se fala que o Messenger é inferior ao ICQ, qual a novidade, ele sempre foi inferior e não foi a qualidade tecnológica que fez o MSN vencer o ICQ, a qualidade foi o que fez o Skype tomar do Messenger uma grande parte de seus usuários adultos. Assim, o ICQ teria de oferecer muito mais que meramente recursos melhores para voltar a ser competitivo. Quanto ao QTalk, ele é um fracasso, exceto por alguns geeks renitentes, quase ninguém lembra mais dele. Sua aplicação não é meramente espartana, é medíocre mesmo. Até um programador .Net meia-boca faria um programa daqueles em apenas um dia. Enfim, o Messenger viverá por muito tempo, pois o que a maioria dos seus usuários quer é conversar com os amigos e mandar beijinhos winks, triste? Pois é…

    Postado por Carcarah em 27/09/2011 15:44

  25. comentário de dominios br

    Karmômetro (?)

    tende a bom

    Estranhamente esta notícia de 07/2010 e o MSN Messenger está mais forte do que nunca ;)
    Apesar dos problemas ele aposentou o ICQ, quem lembra dele? Ninguém, porém o site ainda existe e loguei em meu antigo ICQ de 8 números outro dia, por incrivel que pareça tinha um online, a pessoa não me respondeu, ou seja, realmente macabro (fraude?).

    Postado por dominios br em 14/11/2011 02:01

Postar um novo comentário

Não preencha este campo Ele é um mecanismo para evitarmos spams. Se vc. está vendo este texto, seu browser provavelmente não interpreta corretamente CSS. De qualquer forma, apenas deixe este campo em branco e siga livre para comentar.

Ajuda com a formatação


voltar ao início